quinta-feira, 22 de março de 2012

Quinta Feira

Esta manhã demorei uma eternidade para chegar ao trabalho.
Para conseguir entrar na Ponte 25 Abril foram pelo menos 1h, estava um trânsito infernal dentro de Lisboa e no regresso ao fim do dia também demorei o dobro do habitual.
Bem, eu até percebo que as pessoas queiram manifestar o seu descontentamento fazendo greves, mas nas presentes circunstâncias não acredito que as reivindicações sejam atendidas. 
Com estas greves de um dia o desemprego não diminui, a produção não aumenta e a crise não se resolve.
O que é certo é que ninguém lucra nada, a situação em que nos encontramos ficará rigorosamente na mesma e eu cheguei atrasada ao trabalho...

Que dia...Felizmente amanhã já é sexta feira :)


4 comentários:

Pretty in Pink disse...

Imagino...ai para Lisboa deve ter sido bem difícil =/ Aqui nos Algarves nem notei pela greve...

Beijinho*

moda-makeup disse...

Nem imaginas a sorte que tiveste :)
Beijinho*

Rita disse...

E que bom.. amanhã sexta-feira :D

Verinha disse...

Acho que começam a banalizar a greve geral. Ouvi dizer por aqui que mais vale perder um dia de salário, que o importante mesmo era protestar... Pois bem, protestar, tudo bem, é um direito, mas daí a dizer que é preferivel perder um dia de salario... Não entedem que neste momento estas paralisações só agravam ainda mais a situação do país. E choca me, ver familias em que um dos conjuges está desempregado e o outro opta por ficar em casa em prol de um protesto que nao vai dar em nada. Para mim, é triste ver isso. Enfim... Mentalidades que nao mudam!